Profissões

ENGENHARIA QUÍMICA
Campo de trabalho do engenheiro químico é vasto. Formação é densa e carregada de disciplinas de exatas.
Profissional trabalha com processos de industrialização.

O engenheiro químico trabalha com os processos de industrialização. Muito genérico?
Sim, por isso é que a profissão tem tantos campos de atuação profissional. Em geral, toda a indústria tem um potencial emprego para o engenheiro químico. E, para dar conta de tantas áreas, a formação é bem pesada durante a faculdade.

“A primeira coisa necessária para fazer o curso é ter uma boa afinidade com a disciplina de química. Mas o curso não é só química: é muito mais. Tem uma carga pesada de exatas”, afirma o coordenador do curso na Universidade Federal da Bahia (UFBA), Cristiano Fontes. “O engenheiro químico é responsável por todo o processo produtivo, desde a matéria-prima até o produto final”.

O curso tem duração mínima de cinco anos de acordo com uma resolução do Conselho Nacional de Educação e, segundo estatísticas do Ministério da Educação (MEC), há mais de 60 instituições que oferecem a graduação pelo país.

Em geral, os cursos em todas as regiões do Brasil têm dois anos básicos, com muita carga de matemática, física e química. Só depois dos fundamentos é que começam as disciplinas profissionalizantes. Nessa fase, a ênfase dos cursos pode variar, conforme os produtos da região.

“É fundamental muita dedicação e muito estudo. Há períodos integrais de aula e o estudante tem de estudar muito para dar conta de todas as tarefas que tem de cumprir”, afirma a coordenadora da graduação na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), Patrícia Helena Lara dos Santos Matai.

Estágio

O estágio é um dos requisitos para a formação do engenheiro. “Engenharia química tem de ter conhecimento da prática. Mas fazer estágio precoce não adianta. Até acaba atrapalhando os estudos”, diz Fontes. Por isso, a UFBA estabeleceu que o estágio só será feito a partir do oitavo semestre.

Na Poli da USP, o currículo ficou um pouco diferente dos tradicionais para dar conta do estágio. A partir do terceiro ano, os estudantes cursam quatro meses de aulas acadêmicas e fazem quatro meses de estágio, que pode ser realizado em empresas do Brasil e do exterior ou mesmo na universidade. O objetivo, segundo Patrícia, é começar a inserção do estudante no mercado.

“O aluno de engenharia química tem de ser colocado em contato com a realidade industrial. Quando trabalha ele vê o que estudou no papel, e aquilo ganha outra dimensão”, afirma Patrícia.

Química ou engenharia química

Se você tem dúvidas se escolhe cursar química ou engenharia química, deve prestar atenção ao lado profissional: o químico em geral é responsável pelos processos de análise de laboratório. Já o engenheiro fica no chão da fábrica.

“Podemos pensar no processo de fabricação de azulejos. A pessoa que cuida do controle de qualidade é o químico. A produção é responsabilidade do engenheiro”, explica o coordenador da modalidade no Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), Rodrigo Menezes Moure.

Pesquisa e desenvolvimento

Criar novos produtos e processos de fabricação, fazendo experiências em laboratório e montando protótipos em escala semi

Preservação do meio ambiente

Tratar água e esgotos, reciclar lixo doméstico ou industrial e controlar a poluição. Buscar tecnologias que não agridam o meio ambiente.

Processo industrial

Planejar e supervisionar as operações de uma indústria química. Controlar a qualidade das matérias

Projeto de instalações industriais

Elaborar e executar projetos de construção de fábricas. Definir o processo de produção, tamanho, equipamentos e recursos materiais necessários para a instalação. Coordenar processos de segurança, estocagem e movimentação de materiais. Acompanhar e fiscalizar a obra, garantindo o cumprimento das especificações.

NA UERJ:

ENGENHARIA QUÍMICA - RIO 
Unidade Acadêmica: INSTITUTO DE QUÍMICA - QUI
Localização: Rua São Francisco Xavier, 524 - Pavilhão Haroldo Lisboa da Cunha - 3º andar - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
Titulação: Engenheiro Químico
Turno: Manhã ou Noite
Duração Mínima: 10 ou 12 períodos 
Duração Máxima: 16 ou 18 períodos
Vagas Oferecidas: 80
Relação Candidato/Vaga: 



* Vagas reservadas para candidatos comprovadamente carentes que se enquadrem em uma das categorias definidas pelas Leis Estaduais 4151/2003 e 5074/2007.
** Pessoas com deficiência ou pessoas nascidas no Brasil pertencentes a povos indígenas, ou filhos de policiais civis e militares, bombeiros militares e inspetores de segurança e administração penitenciária, mortos ou incapacitados em razão do serviço.



Pode haver dados em branco quando o índice não estiver disponível ou não existir para o ano informado.


Fonte: Globo.com / UERJ