Profissões

FOTOGRAFIA
É a captação de imagens com o uso de câmeras, sua gravação e reprodução em papel e meios digitais.
Fotografia
Bacharelado






É a captação de imagens com o uso de câmeras, sua gravação e reprodução em papel e meios digitais. O fotógrafo domina o uso de máquinas, lentes e filmes e conhece a fundo as técnicas de revelação, ampliação e tratamento de imagens analógicas e digitais. Com base em conhecimentos de iluminação e enquadramento, procura captar da melhor maneira possível a imagem de pessoas, paisagens, objetos, momentos e fatos políticos, econômicos, esportivos e sociais. Seu trabalho pode ter cunho jornalístico, documental ou comercial - por exemplo, ao fotografar produtos e modelos em estúdio. É possível atuar em jornais, revistas, sites, emissoras de TV, no cinema e em agências de publicidade e de notícias.
Dúvida do Vestibulando

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE FAZER UM BACHARELADO E UM TECNOLÓGICO?

Os dois cursos são muito parecidos, e os egressos são aptos a desempenhar as mesmas funções. No bacharelado, a formação humanística é maior, enquanto no tecnólogo o forte são as disciplinas práticas.

O mercado de trabalho

O mercado está em alta para bacharéis e tecnólogos, sobretudo fora das grandes capitais. A maioria dos profissionais abre estúdio próprio e atua como prestador de serviços para jornais, editoras de revistas e livros, agências de publicidade e departamentos de comunicação de empresas. A área mais concorrida é a publicidade e uma das que mais crescem é a fotografia de moda, seja em desfiles, seja para produção de catálogos. Há espaço para quem trabalha no gerenciamento de arquivos fotográficos, na conservação de acervos e na curadoria. Os estados do Sudeste e do Sul oferecem as melhores oportunidades, pois concentram o maior número de empresas que demandam esse profissional. São Paulo tem o maior mercado fotográfico do Brasil, pois é sede de um número significativo de empresas de comunicação, birôs de tecnologia fotográfica, exposições de artes fotográficas e de fotógrafos empreendedores autônomos. "Outra demanda em crescimento é a da fotografia como arte. Observamos que cada vez mais as galerias de arte têm aberto espaço para fotógrafos", diz Ricardo Magoga Gallarza, coordenador do curso tecnólogo da Univali. Para o fotógrafo social, que registra eventos como casamentos e festas, também há demanda em todo o país.

Salário inicial: R$ 359,00 (saída de até 3 horas; fonte: Associação Profissional dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro).

O curso

Há apenas dois bacharelados no país. Os cursos dão ênfase à fotografia digital, sem abandonar o estudo sobre os processos analógico e fotoquímico. Têm boa base teórica, mas muita experimentação e aulas práticas. A estrutura curricular é dividida em duas partes: fundamental e de desenvolvimento e especialização. Na primeira, o aluno conhece as principais teorias e técnicas fotográficas. Na seguinte, o estudante entra em contato com os núcleos de formação profissional, como retrato/moda, gestão de acervo, fotojornalismo e crítica fotográfica, entre outros. O estágio não é obrigatório, porém é preciso apresentar um trabalho de conclusão antes da formatura.

Duração média: quatro anos.

O que você pode fazer


Área pericial

Documentar situações para investigações policiais e ações judiciais.

Arquitetura de interiores
Fotografar maquetes, ambientes e edifícios para publicações de arquitetura e decoração.

Banco de dados
Projetar, instalar e administrar arquivos de fotografias e material iconográfico em museus, instituições e centros de documentação.

Curadoria
Organizar e promover exposições em museus, galerias, centros de documentação e informação e eventos.

Estúdio
Fotografar produtos e modelos para moda, culinária, decoração, publicidade e venda de produtos.

Fotojornalismo

Fazer reportagem jornalística e editar fotografias para jornais, revistas, agências de notícias e sites.

Restauração e conservação
Pesquisar, desenvolver e aplicar técnicas para recuperar e conservar fotografias, cromos e filmes fotográficos.


Fonte: guiadoestudante.abril.com.br/profissoes